16 setembro 2009

Roberto Bolaño e o seu 2666

Roberto Bolaño
Faltam 09 dias e 07 horas para podermos ter acesso à edição em Língua Portuguesa do livro que é considerado o maior fenómeno literário da última década.

7 comentários:

EBernardes disse...

É uma boa sugestão para uma comemoração que se avizinha... ;)

tonsdeazul disse...

Tenho muita curiosidade neste livro, mas não irei adquiri-lo para já.

j disse...

já li muito sobre o tal 2666. fiquei curioso. por acaso passei cá no dia certo! vou a correr às livrarias cá da terra para ver se já o têm! ;)

©carmen zita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
©carmen zita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
©carmen zita disse...

EBernardes, ainda bem que me dás essa sugestão :)

tons de azul, como diz o J. também não o vou comprar já. É que cá na nossa terrinha será mesmo impossível.

Oh, J. não me faças rir, que isso só me dá vontade de "chorar" :)
Aconselho-te a Wook ou a Bertrand on line. Isto porque imagino que, assim como eu, não poderás ir logo à noite à Livraria Ler Devagar, onde poderás (ou poderias) ouvir leituras de 2666 por Carla Bolito, Soraia Chaves, António Pedro Vasconcelos, José Eduardo Agualusa, Tiago Gomes e Carlos Vaz Marques e análise crítica de José Mário Silva.

j disse...

ora cá estou. não fui à bertand online, mas fui à bertrand em frente ao continente. o mais curioso é que no fds em que o comprei estava na marinha e lá nenhuma livraria o tinha...
bem...
comecei a ler. desperta curiosidade. é uma escrita muito cinematográfica, muito visual. e o mais curioso é que assim o é sem ser detalhada ou especialmente viva. se é que me faço entender...
parece-me que é daqueles livros em crescendo. e, pela quantidade de páginas, tem bem espaço para crescer... ;)